Kojji



TRANSTORNO BIPOLAR


 

Transtorno Bipolar de Humor

 

 

 

 

O Transtorno Bipolar de Humor é caracterizado por oscilações cíclicas e extremas de humor que vão de um pólo ao outro, ou seja, da euforia à depressão, denominadas de fase de mania e depressão respectivamente.

Na fase de mania ou hipomania ocorre uma hiperatividade física e mental, com sintomas de extrema alegria, euforia e humor excessivamente elevado. Na fase de depressão ocorrem sintomas de tristeza, lentidão física e mental, ansiedade e inibição. Estas fazem se alternam e pode ocorrer um período de normalidade entre elas.

Todos nós temos naturalmente oscilações de humor, mas o que diferencia o bipolar são as alterações mais intensas, extremas e prolongadas.

De acordo com o DSM-IV, o Episódio Maníaco pode ser reconhecido quando há a ocorrência de um humor anormal e persistentemente elevado, expansivo  por pelo menos uma semana juntamente com três ou mais dos seguintes sintomas:

  1. Auto-estima inflada ou sentimento de grandiosidade
  2. Necessidade de sono diminuída (por ex., sente-se repousado após 3 ou 4 horas de sono)
  3. Mais eloqüente do que o habitual e muito falante
  4. Fuga de idéias ou experiência subjetiva de que os pensamentos estão muito acelerados
  5. Distratibilidade (isto é, a atenção é desviada com excessiva facilidade para estímulos externos insignificantes ou irrelevantes)
  6. Aumento da atividade dirigida a objetivos (socialmente, no trabalho, na escola ou sexualmente) ou agitação psicomotora
  7. Envolvimento excessivo em atividades prazerosas com um alto potencial para conseqüências dolorosas (por ex., envolvimento em surtos incontidos de compras, indiscrições sexuais ou investimentos financeiros tolos)

 

Karl Abraham, um eminente Médico e Psicanalista, apresenta a PMD (Psicose Maníaco Depressiva, antigo nome do TBH) como tendo raízes nas relações objetais da primeira infância e nas fixações em cada fase do desenvolvimento da libido. O que sugere a possibilidade de um tratamento através da Psicanálise.

Acredita-se que atuando sobre as bases da personalidade seja possível aliviar ou anular alguns sintomas. Por exemplo, reavaliando os padrões de crenças e valores, pode aliviar o desejo compulsivo por compras e sexo.

Considerando-se estes aspectos supramencionados, a Psicanálise Integrativa pode auxiliar no tratamento do Transtorno Bipolar de Humor, buscando uma resolução em sua etiologia intra-psíquica.